quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Centro de Referência LGBT de Friburgo é apresentado com presença de autoridades


Convênio entre o Governo do Estado, através da Superintendência de Direitos Individuais Coletivos e Difusos da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e Prefeitura de Nova Friburgo garante a instalação, com espaço reformado, do Centro de Referência de Promoção da Cidadania LGBT – Hanna Suzart. Este CR corresponde à região serrana e do norte-sul fluminense, visando atender uma população estimada em 484.692 habitantes e foi apresentado durante o seminário (23 e 24/8) que discutiu a construção de Rede de Proteção Básica do estado do RJ, debatendo formas de interação e mobilização de sociedade civil e poder público.

“Para o exercício pleno da cidadania o ser humano também deve ter o direito de expressar seu afeto em público, independentemente de sua orientação sexual ou identidade de gênero. Não defendo o atentado ao pudor, mas sim a livre expressão da sexualidade, o respeito aos LGBT e extinção dos crimes de ódio contra essa população. É dever do Estado, através de nossa Secretaria de Assistência Social, trabalhar em parceria com os municípios garantindo e assegurando os direitos humanos.”, enfatizou o Superintendente de Direitos Individuais Coletivos e Difusos, Cláudio Nascimento.

Um breve histórico do Movimento LGBT, especialmente o contexto fluminense, foi esboçado pelo Superintendente com o objetivo de posicionar as autoridades da importância de implantação daquele centro. Estavam presentes o Secretário e o sub-Secretário de Assistência Social de Friburgo, Cristiano Huguenin e Gilberto Paulo de Souza, respectivamente; o Secretário de Segurança de Teresópolis, Jefté Apolo Laet Moutinho; e a diretora da Universidade Estácio de Sá, Elaine Hipólito.

“As pessoas ainda não se deram conta de que no centro da bandeira do arco-íris temos as cores verde e amarelo. Esta casualidade apenas legitima minha certeza que a população LGBT deve ser respeitada enquanto brasileiros e brasileiras que possuem direitos e deveres assegurados por nossa Carta Magna”, observou o Secretário de Assistência Social de Friburgo, Cristiano Huguenin.

Jefté Apolo Laet, Secretário de Segurança de Teresópolis, disse estar muito feliz por ter tido uma grande aula de cidadania. “Vim mais ouvir do que falar; acho que como pagantes de impostos, todos devem ter seu direito à segurança assegurado, pois para o poder púbico todos são iguais perante a lei”, afirmou.

Localizado na Av. Alberto Braune, 223 – Centro, o Centro de Referência de Friburgo acolherá vítimas de violência homofóbica, orientará, distribuirá informativos de prevenção de DST, direitos civis e dará apoio psicológico e judicial. O CR atenderá também as populações dos seguintes municípios: Cachoeiras de Macacu, Duas Barras, Bom Jardim, Macuco, Cordeiro, Cantagalo, Sumidouro, São Sebastião do Alto, Santa Maria Madalena, Carmo, Trajano de Morais e Teresópolis. Também poderão entrar em contato com estes serviços pelo Disque Cidadania LGBT – 0800 0234567.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homofobia = rejeição + ódio + aversão + discriminação + violência contra LGBT

Organização:

Informações: (22) 9102-4760 / 9816-3938/ 9858 -0333/ 9204-3641 E-mail: moverse@yahoo.com.br


Realização:

Grupo Mover-se – Movimento da Diversidade Sexual na Serra


Apoio:
Prefeitura de Nova Friburgo
Centro Regional de Prevenação e Combate a Homofobia Hanna Suzart
Av. Alberto Braune 223, Centro - Nova Friburgo - RJ
(22) 2523 7907 friburgo.lgbt@hotmail.com
Governo do Estado do RJ
SEASDH
SUPERDIR
Grupo Arco-Iris
Loading...